Lei n.º 120/2015, de 1 de setembro – reforça os direitos de maternidade e paternidade.