Desenvolvido em 2012, este guião apresenta uma metodologia assente na demonstração de boas práticas em igualdade de género de entidades empregadoras, públicas e privadas, a outras entidades que procuram conhecê-las e/ou incorporá-las.

Pretende-se promover o desenvolvimento de um trabalho em rede baseado numa lógica de “win-win” e potenciar a transferibilidade de boas práticas, publicamente reconhecidas em matéria de igualdade de género, para outras entidades que encaram o investimento nesta matéria como uma opção estratégica que lhes traz vantagens competitivas, enquanto organizações constituídas por trabalhadores e trabalhadoras.